março 19, 2010

Enfim

Você me proporcionou aquele abraço que tantos falavas,
Finalmente as portas do universo rangeram perante a festa do nosso sentimento...
O luar entrou pela janelinha, anunciando a sua calmaria
Enfim o beijo se tornou unha afiada rasgando a pele suave da atmosfera.
Neruda apareceu, segurou com delicadeza os nossos pertences
E a noite se fez... a energia de tão verde e cálida percorreu a dorsal.
Engraçado como por debaixo da cor daqueles fios existe delicadeza abundante,
tão diferente, tão mais mágica e pura do que as que eu vejo estampadas
por aí nesses tantos reclames diários...
O mundo realmente está rápido, precisamos nos ouvir mais, nos divertir mais
'amar-mo-nos' mais...
e por fim,
precisamos seguir tambem o conselho do poeta,
E fazer sim, adormecer os homens e despertar as crianças.
Um sorriso, alguns abraços quentinhos de quem conhece cada parte que
compõe aquela face...
E o sorriso segue em busca do outro riso.
.
" Eu distribuo um segredo
como quem ama ou sorri.
No jeito mais natural
dois carinhos se procuram.
Minha vida, nossas vidas
formam um só diamante
Aprendi novas palavras,
e tornei outras mais belas.
Eu preparo uma canção
que faça acordar as crianças
e adormecer os homens."

3 comentários:

Ricardo disse...

Beijo pra menina do coração mais puro que já vi...

=]

.bárbara disse...

UIa ^^
achei vc, aliás eu vinha aqui antes..escondida!
agora adicionei e posso vir sempre que quiser ^^

quanto ao post...não conheço muito de Neruda, mas pela admiração e emoção com que escreveu, nota-se que algo mexeu com vc ^^

:***************

Anônimo disse...

Sejam felizes os aproximadores do campo físico,sejam elevados os seres hoje desligados do material e que ainda assim deixam suas pegadas marcantes... Seja Thom, seja Neruda, Seja Moonshine, Seja August Rush, Seja Amarante, Seja Camelo,Seja Betão, Seja quem queira o bem e nos sopre o vento à favor... Continuemos gratos e cientes dos nossos amigos em especial... Dali pra cá.. daqui pra lá... seja feita a nossa vontade e certeza do amanhecer compensador... beijos Rubi