outubro 27, 2009

Menos é mais

Meu mundo tem girado e dançado incontáveis ritmos. Meu coração por impulso bateu atordoado pelo frenesi ao qual estava sendo exposto:

A vida é louca
A vida é curta
A vida é linda
Deliciosa
Cheia de pra zeres...
O mundo é realmente enorme
Os meninos são bonitos,
assim como uma tarde dourada de verão
E elas são reluzentes como diamantes azuis
Café e pão passam pela cratera que fora aberta
no dorso universo
Temos areia em forma de copo tambem,
todos com especiarias de frutas no interior
É dia
O mar chorou suas lágrimas pequeninas e salgadas...
São vidas que se encontram e se vão
No ar etereo dessa grande cidade...
Abraços, corações na mão
E tudo começa mais uma vez e novamente....

"Placas indicando a direção
Criando atalhos eu sigo pela contramão
Velocidade invade a criatividade
Tempo se perde ao vislumbrar paisagens
Lei dos desejos e necessidades
Ouvindo aquilo que me dá vontade
A estrada vai...
A estrada vai...
A estrada vai...
A estrada vai...
"

5 comentários:

Espinheira disse...

Não poderia ela mesma encontrar palavras melhores que as suas para escrever sobre a vida, a boa vida e os bons encontros. *Só tem menino bom!

Ricardo disse...

Adoro seu jeitinho meigo de olhar apara as coisas *-*

Murilo Rafael disse...

Adorei o seu blog e esse belo texto! Cheguei aqui por acaso e descobri que você pôs entre seus favoritos o Pseudofilosofia. Enfim, uma boa coincidência.

mR.

Deize Almeida disse...

Gosto da forma que escreves, simples e mágico. Adorei a foto também=)

Van-nessa disse...

Meu amor lindo!!!
o mundo é bão mesmo...