julho 11, 2009

Chá Verde

Foram tantos perfumes, tantos sorrisos, tantas andanças...acho que não sei condensar tudo, mostrar tudo, contar tudo...
Estou tão feliz. Feliz por sentir em suas palavras aquele reconhecimento que eu achei que não mais existia. A vida é mesmo um ir e vir de energias por todos os lados. E dependendo da maneira como ela é manuseada tudo pode ficar quentinho e gostoso.
Eu poderia sim, dizer isso a cada flor que eu encontrasse em meu caminho. Dizer da magia, do contexto surreal que explode diante dos meus olhos - dizer o que se pensa às vezes custa bem caro... mas acho que vale a pena.

- Moço, eu preciso de ma dose daquele chá...

3 comentários:

Rabiscando Linhas disse...

Que texto mais otimista!Tá faltando isso pra mim, otimismo, haha

pmorais@hotmail.co.uk
beijos, flor.

Simone Schuck disse...

Isso é amor! De algum jeito assim, bem inexplicável, é amor!

é bom só sentir mesmo e curtir.

beeeijos!

Raquel disse...

Que lindo =]
Queria escrever Laranja aqui pra ficar quentinho como o seu texto!!!
Uma flor essa menina
=*