novembro 23, 2008

Oh! crystal ball

Teclando algumas palavras eis que eu encontro uma definição bem legal: "Sofrimento é qualquer experiência aversiva (não necessariamente indesejada) e sua emoção negativa correspondente". Interessante que partindo dessa junção linguística, as coisas parecem se tornar menos o que aparentemente elas são, ou seria o contrário? Como o mar está salgado de lágrimas minhas mesmo, é difícil estabeler um parâmetro real e solidificado. Mas, de nestante prá cá, já elucidei um pouco do coitado raciocinio. E vejam só como música faz a gente oscilar entre o inferno e o ceu. A mente alheia acaba produzindo realidades tao suas, que e bem fácil se perder tentando remar a favor. E se deixamos ir, sabemos que acabamos indo.
Confusão. E o pior de tudo que você esta ai a ler a minha mente, e a saber que cada passo, palavra, espirro que dou e resultado de tantos sofás em minha face? Poderia sentar senhor? Eu precisaria apenas de algumas respostas, ou quem sabe de uma nova sessão de jantar de melancias. Não imaginava a infinidade de coisas que podemos fazer com ela. Frita, assada, grelhada, com molhos finos, ou ainda regada a delicadas ervas. E algumas ainda nos fornecem diferentes nuances imagéticas. Azul? Essa era a cor. Cuidado, isso causa um pouco de tontura, não é de qualquer forma que voce pode experimentar esse fruto. Essa nova espécie de sabor. Mas apesar de toda essa pose, por debaixo desse olhar blasé de quem sabe tudo, tem a menina perdida no mar de ferro. Que se desesperou a tarde, que deixou os duendes maléficos penetrarem seus sonhos. E o por que do riso? Eu tambem não sei dizer, talvez por saber que esse seria o gosto do meu mar, por saber o quão ferrenho seria quando eu chegasse aquela tão esperada costa? Hum....
"I wanna be the place you call home..."

3 comentários:

Traveler disse...

Sofás na face. Coisa interessante essa. E a confusão. Ah, a confusão... Ela sempre arruma um jeito de dominar nossas mentes. =)

Jair Guima disse...

tsc, tsc, tsc... vcs hein? sei não.
vão procurar o que fazer rapá!

Andressa Pacheco disse...

Hum... quando encontramos as tais definições, somos puxados para o "mundo real" e acho q nos desligamos por um minuto (ou menos) do sentimentalismo.

Mas aí os 60 segundos passam e vc se lembra q "só vc tem problemas", "q ninguém liga p vc", "q vc é diferente de todo mundo", "q ninguém te entende"... poxa, quanto sofrimento n? rsrs ó céus, ó vida...

*********

Os duendes são legais, principalmente despidos. Mas, ainda assim, prefiro os gnomos; Loucura?! Não, foi só p combinar com o texto mesmo :P