novembro 23, 2009

1965*

O mundo é mesmo mágico
E vc, e eu tambem
Vida
Amor
Lealdade...
Acho que no final é só isso mesmo que importa.
Chega de infortúnios nos atingindo por todos os lados,
Chegou a hora de ouvirmos o silêncio da paz
E através da luz desse mensageiro que chegará,
Os nossos ouvidos e corações se encontrarão em
sintonia com a beleza da natureza.
...
Quero olhar através dos olhos e continuar a ver a alma
Quero sentir o ventinho calmo do bater das asas do seus cílios,
Ouvir o mar calmo sair de dentro daquela concha e invandir o universo...
Nerudas, Nerudas e Nerudas é o que eu quero
ver brotando daquelas rosas...
E lá, naquela rede, quero permanecer embriagada com o tom
familiar, tenro e eterno da tua voz...

E há tempos
O encanto está ausente
E há ferrugem nos sorrisos
Só o acaso estende os braços
A quem procura
Abrigo e proteção...

4 comentários:

ericson disse...

isso é muito vero pessoa...
adorei o texto bem complexo,mais com a simplicidade das coisas!!!

É bom sentá-lo novamente ao lado
Com olhos que contêm o olhar antigo
Sempre comigo um pouco atribulado
E como sempre singular comigo

bjO...
^^

Espinheira disse...

Um desejo de paz profunda me invade .
*Vontade de abraçar o infinito!

Van-nessa disse...

deixe entrar pela sua íris apenas o que há de bom, reconheça a bondade.

e continue sua vida num abraço profundo, entrelaçada na sinfonia das cores...


;)

Anônimo disse...

"Dois amantes felizes não têm fim nem morte, nascem e morrem muitas vezes enquanto vivem, têm da natureza a eternidade"

"e ao fim dormes rodeada por meus braços que afastam da sombra sombria, para que descanses... a espuma de teus sonhos"

"eu me perdi de noite sem luz sob tuas pálpebras e quando me envolveu a claridade nasci de novo, dono de minha própria treva"

P.N.

Moonshine