maio 19, 2009

Dentro mais uma vez

Você é louco. E eu, pra variar tambem sou. Pronto. Aí está a explicação para os últimos acontecimentos. Eu saio pra cozinha com apenas uma havaina branca em um dos meus dois pés. E você os toca com sentimento de desaparecimento. Estaria eu sumindo como poeira ao vento? Talvez seja esse o problema, ou solução. E vejo que você não me quer em você...será? Eu tambem não queria te sentir. As equações nem sempre se desenrolam da maneira que desejamos. E mais uma vez o que paira são apenas pensamentos. Divagações soltas num ar de quem já é o próprio ar. As moléculas cada vez mais dispersas, e a mão que acena um adeus de nenhuma volta. Felipe ainda não vimos, uma pena. Mas já não posso ter olhos vislumbrando o futuro de dois. "Não sei se tem balas pra dois, agora sou apenas um" - era o que se ouvia a noite.
Toques, e cheiros e a simbiose adquirida sem esforços durante os dias. Tudo colocado em fim naquele baú. O difícil é manter pandora longe dessa caixa, afinal, o portal ainda está aberto, e quando ninguem mais esperar, ela pode passar e fazer reviver toda aquela "coisa".
Mallu Magalhães é bonita. Daqui de cima da pra ver direitinho =)

"Não lembro o dia
A gente aprendia e quem sabia
Pássaros rindo nos fazendo espalhar
Árvores pela cidade amarga
O fato dos prédios não importa mais
Espero o sol chegar pra ir à praia..."

5 comentários:

Ramon pereira disse...

Menina tu tem um dom viu? Deveria explorar outras possibilidades. Abracos

Simone Schuck disse...

Ah mas é tão bom ser estranho e de estranhos gostar. Não dá um toque especial na vida?

Mr. Guima disse...

"Loucura é o caminho mais certo quando se passa a vida inteira com a razão."


mazion

Raquel disse...

"Creio que quase sempre é preciso um golpe de loucura para se construir um destino."

beijos Dali!

Van-nessa disse...

a loucura pode te dar asas...

quer que eu chame o suporte técnico?

=]